Edgar

100% em casa, Dragão vence Santos e fica a um empate da próxima fase na Copa do Brasil.

Publicado em ESPORTES
Sexta, 05 Abril 2019 08:52

O Dragão saiu na frente no duelo de 180 minutos contra o Santos, na noite desta quinta-feira (4), pela terceira fase da Copa do Brasil 2019. Com casa cheia, mais de 10,5 mil torcedores viram o rubro-negro jogar de igual para igual com o alvinegro paulista, que acabou ficando com 10 em campo após a expulsão de Gustavo Henrique no segundo tempo. Aos 37’ da etapa final, Jorginho fez, de cabeça, o gol da partida. O jogo da volta para saber quem avança na competição será na próxima quinta-feira (11), em São Paulo. A equipe goiana jogará pelo empate.

O duelo

Um jogo elétrico nos primeiros 48’ dos 180 minutos entre Dragão e Peixe, com as duas equipes buscando abrir o placar. Logo aos 4 minutos, Cueva recebe na área pela direita, mas é travado por Gilvan na hora do chute. Na sequência, em rápido contra-ataque, Moraes lança Pedro Raul livre, que tentou encobrir o goleiro, mas a bola ficou com Everson. Em seguida, Eduardo Sasha recebeu dentro da área pela direita e acabou se chocando com o goleiro Kozlisnki.

O Atlético começou a apostar nos contra-ataques e na estatura de Pedro Raul dentro da área. Aos 6’, o camisa 9 aproveitou cruzamento da direita e testou firme para defesa de Everson. Aos 28’, a melhor chance do Santos na etapa inicial, com Cueva, que chutou livre da marca do pênalti, para ótima defesa de Kozlisnki.

Matheuzinho ainda assustou os paulistas aos 44’, após girar bonito dentro da área, mas sobre a meta alvinegra. Dois minutos depois, outra vez Pedro Raul cabeceou na linha da pequena área, para boa defesa de Everson. Jorge ainda teve tempo de bater cruzado aos 47’, para intervenção em dois tempos de Kozlisnki.

No segundo tempo, o Dragão voltou cuspinho fogo. Aos 5’, o rubro-negro subiu em novo contra-ataque, Pedro Raul acionou Mike na esquerda, que bateu de pé esquerdo, e ela beijou a trave direita de Everson.

Dois minutos depois, o Santos passou a jogar com um a menos. Gustavo Henrique, que já tinha amarelo por reclamação, voltou a reclamar e tomou o segundo. Apesar da desvantagem, o Peixe parecia ter ficar mais agressivo na partida. Aos 14’, Alison finalizou, a bola resvalou em Sasha, e o zagueiro do Atlético amorteceu, para defesa de Kozlinski sobre a linha.

Aos 27’, Lucas Veríssimo bateu de primeira da entrada da área, ela desviou na zaga e passou rente à trave esquerda de Everson, na melhor chance do Dragão no jogo até então. Aos 37’, após cruzamento de Jonathan na esquerda , Jorginho recebeu na medida na segunda trave, e testou livre para o fundo das redes do Santos, abrindo o placar no Accioly.

Dragão ainda teve a chance de fazer o segundo aos 43’, com Reginaldo, que recebeu passe dentro da área, mas chutou prensado, e Everson saiu bem para ficar com ela.

ls 2
kanaan 2
shalom 2
anuncie aqui 3
anuncie aqui 4

OBS TV.

PARCEIROS