Edgar

Bragantino elimina a Aparecidense e enfrenta o Vila Nova na 3ª fase da Copa do Brasil.

Publicado em ESPORTES
Quarta, 10 Abril 2019 22:13

A Aparecidense perdeu fora de casa na noite desta quarta-feira (10) pela segunda fase da Copa do Brasil e está eliminada da competição. Em partida única, o Camaleão foi a Belém do Pará, onde disputou a vaga com o Bragantino-PA, que venceu o duelo por 3 a 2, com um gol de Lukinha e dois de Marco Goiano. Rayro empatou a partida duas vezes para a equipe de Aparecida, mas a equipe goiana acabou sofrendo com expulsões de Rafael Cruz e o próprio Rayro. Com a vitória, o clube paraense embolsa R$ 1,4 milhão e avança à terceira etapa do torneio nacional, na qual enfrentará o Vila Nova.

O jogo

No primeiro tempo, a Aparecidense praticamente não ameaçou o gol do Bragantino-PA. Aos 19’, boa chegada dos donos da casa, com Esquerdinha, que chutou rasteiro após cruzamento de Bruno Limão.

Aos 26’, o técnico Edson Júnior foi obrigado a fazer a primeira mudança, com a saída de Washington que sentiu uma fisgada, para entrada de Rayro. No mesmo minuto, Nonato cabeceou de peixinho no meio da área após cruzamento da direita, mas para boa defesa de Axel.

A partir daí, no primeiro tempo, só deu Bragantino. Bruno Limão arriscou de longe aos 28’, e obrigou Wallace a fazer ótima defesa. Aos 36’, os donos da casa abriram o placar após belo chute de Mauro Praia pela esquerda, o goleiro espalmou para a entrada da área e a bola encontrou Lukinha, que mandou um balaço, sem chances para o arqueiro da equipe goiana.

Depois de um primeiro tempo praticamente de domínio do Tubarão do Caeté, Rayro, que entrou no lugar de Washington, empata a partida logo aos 45 segundos de jogo, recolocando a Aparecidense na disputa pela vaga.

Aos 15’, a bola bate no braço do zagueiro Filipe, após cruzamento da direita, e o juiz assinalou pênalti para os donos da casa, cuja cobrança foi bem convertida por Marco Goiano, que mandou uma bomba no meio do gol.

Quatro minutos depois, um contra-ataque fulminante da Aparecidense. Após jogada de Moisés pela esquerda, Rayro recebe passe na meia-direita, pedala para cima da defesa e manda um foguete no canto esquerdo de Axel, deixando tudo igual de novo.

Mas aos 25’, as coisas se complicaram de novo para a Cidinha. Rafael Cruz fez falta dura em Mauro Praia, tomou o segundo amarelo, e acabou expulso. A superioridade numérica foi um prato cheio para o Tubarão, que definiu o placar aos 41’, com Marco Goiano, de novo, após vacilo da zaga goiana, em cruzamento da direita com Bruno Limão, o atleta do time paraense só empurrou para as redes.

Aos 45’, o autor dos gols da Aparecidense, faz falta dura em Esquerdinha, e também acaba expulso, deixando a equipe goiana com nove em campo. Moisés ainda perdeu um gol cara a cara com o goleiro Axel, aos 48’.

ls 2
kanaan 2
shalom 2
anuncie aqui 3
anuncie aqui 4

OBS TV.

PARCEIROS