Edgar

Atlético controla segundo jogo, vence de novo e conquista o Goianão 2019.

Publicado em ESPORTES
Domingo, 21 Abril 2019 19:54

Com muita autoridade, segurança e controle, o Atlético conquistou o título de campeão goiano em 2019. Esta é a 14ª conquista estadual da história rubro-negra que quebra jejum de 5 anos sem levantar a taça no estado. O título veio, na tarde deste domingo, após vitória, por 1 a 0, no estádio Olímpico, mesmo sem a presença dos atleticanos.

O gol do jogo foi marcado aos 55 minutos do segundo tempo com o meia Matheuzinho que aproveitou da fragilidade e do desespero da defesa esmeraldina para tocar na saída do goleiro Sidão. O Dragão além de campeão, ficou com a melhor campanha da competição.

Primeiro Tempo

A primeira chance do jogo foi esmeraldina que manteve a pressão nos primeiros minutos de jogo. Após arrancada de Michael, a bola sobrou na esquerda com Léo Sena que arriscou o chute. Não levou perigo, mas agitou o torcedor na arquibancada.

A primeira chance atleticana só aconteceu aos 9 minutos. Em contra-ataque rápido, a bola sobrou no setor esquerdo para Gilsinho que tentou o cruzamento. A defesa afastou o perigo, mas bola acabou passando próximo a meta de Sidão.

Aos 17 minutos, o Léo Sena voltou a arriscar chute de fora da área. Desta vez a bola, quase surpreendeu Kozlinski, tirando tinta da trave direito do goleiro do atleticano.

A principal jogada do primeiro tempo foi do meia Giovanni Augusto que driblou na entrada da área e arriscou um chute. Kozlinski fez importante defesa e o Verde teve sua chance mais forte de abrir o placar.

Aos 47 minutos, nova chance esmeraldina. Após cobrança de escanteio, Giovanni Augusto conseguiu desviar de cabeça. O goleiro do Atlético evitou o gol só com o olhar.

Segundo Tempo

O técnico Wagner Lopes fez a primeira alteração do jogo ainda no intervalo. Tirou Pedro Raul, já amarelado, e lançou mão de André Luiz que teve a primeira chance da etapa complementar. O atacante finalizou dentro da área. Sidão salvou o Goiás de sofrer o primeiro gol.

Aos 3 minutos, a resposta do Goiás veio em uma sequência de atrapalhadas do sistema defensivo rubro-negro. Kozlinski repôs a bola em jogo de forma atrapalhada e Pedro Bambu acabou evitando o gol esmeraldino.

Aos 6 minutos, após a bola alçada na área. Rafael Vaz, Gilvan e Lucas Rocha acabaram se chocando. Lucas levou a pior, precisou de atendimento em campo e foi encaminhado ao Hospital Neurológico. O jogo ficou paralisado por cerca de 7 minutos.

O Goiás buscava a todo o custo o primeiro gol, o Atlético mantinha o controle do jogo. Aos 27 minutos, Gilsinho cobrou falta no setor direito de ataque para dentro da área. O goleiro Sidão acabou não achando a bola e Gilvan desvia do jeito que pode. A bola lentamente passa na frente do gol e vai para linha de fundo.

Mesmo vaiado nos instantes finais, o goleiro Sidão salvou o Goiás das boas investidas do ataque atleticano. Uma delas aos 51 minutos, Mike ajeitou dentro da área e finalizou no goleiro adversário.

O único gol do jogo foi marcado apenas aos 55 minutos. Após o Goiás partir para cima de qualquer jeito, o ataque atleticano roubou a bola, trocou passes em velocidade e deixou Matheuzinho na cara do gol para tocar na saída do goleiro Sidão para sacramentar o título.

Próximo jogo

O Dragão estreia no Campeonato Brasileiro na próxima sexta-feira, em Sorocaba, contra o São Bento-SP. Já o Goiás terá o Fluminense pela frente, no domingo, no retorno a Série A do Campeonato Brasileiro.

ls 2
kanaan 2
shalom 2
anuncie aqui 3
anuncie aqui 4

OBS Comunicações