Edgar

Na madrugada deste sábado (20/6) um paciente de 54 anos, de Ceres morreu vítima de coronavírus. Segundo informações o paciente estava internado no HCamp, em Porangatu, regiaõ norte de Goiás.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o paciente deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na terça-feira (17) em estado grave, e no dia seguinte quarta-feira 18 de junho, foi encaminhado para o Hospital de Campanha em Porangatu.

De acordo com o Secretário Municipal de Saúde Júnior Fleury, pacientes com a covid-19 em estado graves são regulados pela Central Reguladora Estadual, e pelo plano de Contingência Estadual, municipais e regionais e Plano de Contingência Nacional. Os pacientes graves devem ser encaminhados para os hospitais de campanha como foi o caso deste paciente de Ceres.

Goiás conseguiu montar hospitais de campanha em Goiânia, Luziânia, Rio Verde, Porangatu e Anápolis. De acordo com o secretário todos esses hospitais de campanha, recebem os pacientes gravíssimos.

Ceres conta com 14 leitos semi-criticos, que foram montados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que podem receber paciente infectado com a covid-19, caso haja melhora, o paciente continua internado, caso se agrava, deve ser por lei, pelo Plano de Contingência e pelo o Plano Estadual de Enfrentamento encaminhados para um Hospital de Campanha do qual tem atendimento de UTI com outras comorbidades.

O secretário disse que o paciente que veio a óbito era hipertenso, estava acima do peso e tinha asma.

A Polícia Civil de Goiás, através da Delegacia de Ceres, identificou os principais suspeitos de terem cometido crimes de estelionato em série, na modalidade golpe do motoboy ou cartão clonado, ocorridos em Ceres e outras várias cidades do Vale do São Patrício e Norte Goiano entre os dias 12 a 15 deste mês de junho.

Após tomar conhecimento de ao menos seis estelionatos ocorridos na cidade de Ceres, no último dia 12 de junho, policiais civis realizaram diligências e obtiveram imagens de câmeras de segurança que flagraram um suspeito e um veículo GM ÔNIX, cor azul, utilizado pela associação criminosa na prática dos delitos, bem como mapearam possíveis máquinas de cartão utilizadas pelo bando.

Este golpe, que tem aumentado consideravelmente no período da pandemia da Covid-19, tem uma engenharia social que leva a vítima, geralmente idosa, por meio de ligação telefônica, em regra, para um telefone fixo, a acreditar que seu cartão bancário foi clonado. O interlocutor da ligação, se passando por funcionário da instituição financeira, a induz a fornecer os dados do cartão, inclusive a senha alfanumérica. Posteriormente, alegando que o cartão precisa ser retido ou levado até a polícia, faz com que a vítima o entregue a uma pessoa que irá buscá-lo em nome do banco. O serviço de busca é feito, muitas das vezes, por motoboys contratados, os quais nem sempre têm conhecimento de que participam de um golpe. Com o cartão e a senha em mãos, o golpista faz “a festa”, gastando todo o saldo existente na conta da vítima.

Nessa segunda-feira, 15, após a divulgação da prática delituosa em toda região, policiais militares de Mara Rosa conseguiram prender em flagrante Bruno Santos Santana e David dos Santos Ramos pela prática dos crimes de estelionato e associação criminosa, além de apreenderem quatro máquinas de cartão e o veículo GM ÔNIX, cor azul, utilizado pelos suspeitos.

De imediato, uma equipe da Polícia Civil em Ceres deslocou-se até a cidade de Mara Rosa. Os suspeitos foram interrogados e confessaram a prática de ao menos quatro estelionatos na cidade de Ceres. A dupla veio do Estado de São Paulo em um veículo locado, a mando de outros coautores ainda não identificados, para cometer os crimes.

Vale ressaltar que uma das máquinas apreendidas estava cadastrada em nome de um dos presos, com uma conta do Banco do Brasil a ela vinculada. De acordo com a investigação, trata-se de extensa associação criminosa oriunda de São Paulo e outros indivíduos podem estar na região praticando o mesmo golpe.

As imagens dos suspeitos são divulgadas com o único intuito de que outras vítimas possam reconhecer os autores e comparecer à Delegacia, tendo em vista que há notícias do golpe em várias cidades da região.

Um acidente na rodovia BR-153, entre Rialma e Rianápolis, na noite desta sexta-feira (19) por volta de 19h50, deixou uma vítima fatal, o empresário Ronaldo Peixoto da cidade de Ceres.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), ainda não sabe como aconteceu o acidente e a Polícia Técnico Científica está no local realizando a perícia.

O acidente ocorreu entre dois veículos, sendo uma Pick-Up Fiat conduzida pelo empresário Ronaldo Peixoto, 51 anos e um caminhão. O acidente aconteceu há cerca de 5 quilômetros de Rianápolis e Ronaldo seguia sentido Rialma.

Equipes do Corpo de Bombeiros estiveram no local para a retirada do corpo da vítima que estava presa entre as ferragens, tendo que ser desencarcerado.

A rodovia estava interditada dos dois lados, criando uma enorme fila de veículos. Ronaldo Peixoto era muito conhecido na região com empresas no ramo de construções e trabalhava também no ramo imobiliário com vendas de loteamentos e casas.

O idoso de 76 anos encontrado desfigurado, com sinais de mordidas e vários arranhões pelo corpo em um sítio às margens da BR-414, no Distrito de Vila Propício, foi morto por um animal de grande porte, possivelmente por uma onça, de acordo com a Polícia Civil. Segundo o delegado Marco Antônio Zenaide Maia, o laudo da Polícia Técnico-Científica indica que Geraldo Alves da Silva foi atacado por “um animal silvestre de grande porte, compatível com um felino”.

"Pela gravidade das lesões e pelo porte dos cachorros, rapidamente foi descartada a hipótese do ataque de cães e, ao fazer uma busca pelo local, [o perito] achou pegadas de felino, não sabe precisar de qual tipo exato, mas felino de grande porte", explica.

"Como o corpo chegou no IML e ficou constatado que realmente foi um animal de grande porte, os peritos acreditam que possa se tratar de uma onça", afirma o delegado.

Ainda segundo Marco Antônio, que atua em Goianésia e responde por Vila Propício, os moradores da região relataram que tem sido comum ataques de onças a animais criados pela vizinhança.

"Tem tido relatos de recentes ataques a cães, galinhas, porcos, então em razão do local, onde a lavoura está crescendo no habitat natural das onças, a gente acredita que ele provavelmente faleceu em razão de um ataque de onça", relata.

De acordo com o sargento da Polícia Militar Juliano Antunes, que esteve no local onde Geraldo foi encontrado morto, o idoso foi gravemente ferido e arrastado por alguns metros durante o ataque.

"Diante disso, a gente pôde analisar que se tratava do ataque de um animal maior que um cachorro, um animal de grande porte", conta.

Segundo a polícia, Geraldo Alves foi morto na sexta-feira (15), no início da manhã, no quintal da casa de seu vizinho, a quem teria ido procurar para passar um recado. O idoso morava a cerca de 1 km da casa do lavrador Altino Ferreira.

Altino relatou que é comum a presença de onças na região e que ao menos 10 cachorros já foram mortos por elas. "Já vi muitas por aqui, já topei com umas, e criação minha elas já comeram várias", diz.

O empresário Otto Gautama da Silveira, o conhecido Otto da Farmácia, sócio proprietário da Drogaria Ceres e o Motel A2 próximo do lixão da cidade, veio à óbito na madrugada de hoje (17).

Conforme informações preliminares, Otto estava trabalhando no motel e por volta das 05h00 clientes que estavam no estabelecimento saíram sem pagar as contas e provavelmente ele teria ido atrás dessas pessoas e infelizmente o mesmo capotou o seu veículo.

Segundo informações, o corpo foi velado no Memorial Pax Ceres, o sepultamento estava marcado para as 18h de domingo (17).

O acidente

Conforme a Polícia Militar (PM), a Otto estava sozinho conduzindo um veículo VW/Gol de cor vermelha e o acidente ocorreu na curva após o lixão de Ceres na rodovia GO 154.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu) foi acionada e chegando no local encontrou o corpo da vítima fora do veículo capotado. A PM também esteve no local e permaneceu até a chegada da Polícia Técnico Científica para remoção do corpo, que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Ceres para os procedimentos de praxe.

O médico Nelson Teich fez um breve pronunciamento à imprensa, na tarde desta sexta-feira (15), após pedir demissão do Ministério da Saúde. Lacônico, Teich não informou os motivos pelos quais decidiu deixar a pasta, menos de um mês após assumi-la e em plena pandemia de coronavírus.

Teich iniciou sua fala, afirmando que “a vida é feita de escolhas, e escolhi sair”. O agora ex-ministro acrescentou que aceitou o cargo, não para melhorar o currículo, mas porque queria “ajudar o Brasil.”

Ao contrário de seu antecessor, Luiz Henrique Mandetta, que deixou a pasta com fortes críticas à postura do presidente Jair Bolsonaro, que defende o relaxamento das medidas de isolamento e insiste em adotar a cloroquina como o medicamento central do tratamento da infecção, Teich limitou-se a agradecer a equipe e ao próprio Bolsonaro pela oportunidade.

Teich também disse que, junto com sua equipe, deixou um plano de ação para o sucessor, sem entrar em detalhes. O ex-ministro acrescentou que sua breve passagem pelo ministério lhe mostrou a dimensão da pandemia, ao ver “na ponta” como está a atuação de médicos e paramédicos.

A Sorrento Therapeutics, uma biofarmacêutica norte-americana com sede em San Diego, na Califórnia, anunciou nesta sexta-feira (15) que seu anticorpo contra a Covid-19, com codinome STI-1499, teria demonstrado 100% de eficácia contra a infecção causada pelo vírus Sars-CoV-2 em testes pré-clínicos, realizados com células in vitro.

Segundo a empresa, mesmo em dose muito baixa, o STI-1499 neutralizou completamente a infectividade do novo coronavírus com apenas quatro dias de cultura nas células. A próxima fase será a de testes do anticorpo em humanos que deve ser iniciada no próximo mês.

Ações da empresa disparam

Apesar de a pesquisa sobre o tratamento da Covid-19 ainda não estar 100% concluída, o CEO da Sorrento se empolgou com os resultados pré-clínicos do anticorpo. Após o anúncio, as ações da biofarmacêutica na Nasdaq, a maior Bolsa de Valores eletrônica dos EUA, valorizaram mais de 170%.

“Queremos enfatizar que existe uma cura (para o Covid-19). Existe uma solução que funciona 100%”, disse o diretor-presidente da Sorrento Therapeutics, Henry Ji, em entrevista ao canal Fox News. “Se tivermos o anticorpo neutralizador em nossos corpos, não será preciso distanciamento social. Você pode reabrir a sociedade sem medo”, completou.

Corrida contra o tempo

A expectativa da empresa é que o inédito tratamento para Covid-19 seja aprovado pelo FDA (o órgão similar à Anvisa nos EUA) até setembro. A Sorrento diz ter capacidade para produzir até 200 mil doses/mês e busca apoio governamental e parceiros para aumentar a capacidade de fabricação para acima de 1 milhão de doses/mês.

"Nosso anticorpo STI-1499 mostra um potencial terapêutico excepcional e pode potencialmente salvar vidas após o recebimento das aprovações regulatórias necessárias. Estamos trabalhando dia e noite para concluir as etapas necessárias para ter esse produto aprovado", concluiu Ji.

Uma tentativa de assalto na BR-153, no município de Nova Glória, terminou em disparos de arma de fogo e um acidente de trânsito, envolvendo carreta e um carro. O fato aconteceu na madrugada desta terça-feira (12) por volta das 03h, no km 275.

O condutor da carreta relatou ao Corpo de Bombeiros que um veículo de passeio emparelhou com autocarga e que um dos passageiros deu ordem de parada. O caminhoneiro tentou evadir da emboscada, mas os assaltantes acabaram efetuando disparos de arma de fogo. Em seguida o motorista perdeu o controle da carreta e colidiu com o carro.

O motorista conseguiu fugir para um matagal, às margens da rodovia, e se escondeu até que os assaltantes fossem embora. Um terceiro veículo parou no local do acidente e ajudou os suspeitos.

Conforme o Corpo de Bombeiros, a pista ficou interditada durante boa parte da madrugada e a PRF (Polícia AL) ajudou a controlar o tráfego. A carreta estava carregada com álcool gel e sacolas plásticas, a carga ficou espalhada e foi necessário seu transbordo. Os bombeiros também procederam com a limpeza da pista, que ficou esparramada de álcool e óleo.

Quatro suspeitos de planejar o assalto a um comércio na cidade de Uirapuru, no norte de Goiás, foram mortos em confronto com a Polícia Militar. Segundo a corporação, no celular encontrado com um dos homens havia uma conversa em que eles preparavam o crime e um vídeo no qual um deles usava drogas e exibia uma arma (veja acima).

A suspeita da polícia é que o grupo era de Goiânia e foi à cidade para fazer o roubo. A vítima seria uma mulher que tem um comércio na região.

“Os policiais rurais faziam um bloqueio no rodovia que dá acesso a Uirapuru, com foco nos crimes de roubo e furto a propriedades rurais. No decorrer desse bloqueio, uma pessoa se aproximou e informou que em poucos minutos aconteceria um roubo naquela localidade”, disse o tenente-coronel André Luiz de Carvalho.

As equipes, com informações do carro que seria usado pelos criminosos, começou a fazer buscas na região. Ao localizarem e tentarem fazer o grupo parar, houve perseguição.

“Eles se negaram a ser abordados, mas não contavam que um bloqueio policial estava mais à frente. Naquele momento, eles tinham duas opções: ou se entregar ou revidar, que foi o que aconteceu”, disse o policial militar.

Os quatro homens que estavam no carro foram baleados. Eles chegaram a ser socorridos, mas morreram no hospital de Crixás.

Com os suspeitos, a polícia encontrou duas pistolas, dois revólveres, uma carabina e munições. No celular de um deles, foi encontrada uma conversa na qual uma pessoa dá orientações sobre o assalto.

“Não dá de mole, mano. Pede o cofre”, diz uma das mensagens da conversa, que é acompanhada de fotos da dona do comércio. Além disso, no aparelho também estavam imagens do local que seria invadido e da casa da mulher.

O governador Ronaldo Caiado (DEM) afirmou nesta terça-feira que apenas os setores de alimentação e saúde poderão funcionar em Goiás a partir da publicação do novo decreto de isolamento.

O decreto será publicado no Diário Oficial ainda hoje (terça) ou, no mais tardar, quarta-feira. O texto passa por revisão na Procuradoria-Geral do Estado.

“Peço às pessoas que amanhã (se tivermos a condição de publicação do decreto hoje), ou, no mais tardar, quinta-feira, entendam que teremos apenas aqueles que chamamos de serviços essenciais. Queremos então que haja conscientização das pessoas para que não façam o seu deslocamento sem antes saber do conteúdo que será publicado por nós. Já adianto que, a partir do decreto, só teremos funcionando as atividades essenciais, que são as áreas de saúde e de alimentação. Fora disso, teremos uma ação bem restritiva para que a gente alcance o menor percentual de contaminação”.

A declaração foi dada em entrevista à rádio Sagres, de manhã.

Caiado afirma que não valerá, em Goiás, o ato do presidente Jair Bolsonaro que classificou como atividades essenciais os serviços de barbearia, academias e salões de beleza.

Há duas semanas, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que o assunto é competência de Estados e municípios. O governador disse que lamenta o que chama de “sinal trocado”.

“Eu sou governador e falo uma coisa, vem outra autoridade diz outra. Quando você tem duas posições, isso não deixa de confundir a cabeça do cidadão”, disse.

Página 1 de 152
solucao
VENDE-SE UMA CASA EM CERES-GO.
OBS Comunicações
MULTI COISAS DISTRIBUIDORA CERES-GO OBS COMUNICAÇÕES
MASTER CARTUCHOS AQUI VOCÊ ENCONTRA ÓTIMOS PREÇOS, SERVIÇO DE QUALIDADE
SOLUÇÃO INFORMÁTICA E AUTOMAÇÃO COMERCIAL
Irmaco materiais para construção
BEIRA RIO LANCHONETE E ESPETINHO
LAVAJATO SHALOM
OI CERES
master cartuchos
shalom 2
anuncie aqui 3

Publicidade

Solução Informática e Automação Comercial traz para você o melhor da tecnologia e inovação do mercado.

Solução Informática e Automação Comercial traz para você o melhor da tecnologia e inovação do mercado.

Solução Informática e Automação Comercial traz para você o melhor da tecnologia e inovação do mercad...

anuncie aqui 4

OBS Comunicações

 

PARCEIROS