Edgar

Dia D de vacinação contra a gripe mobiliza cerca de 900 postos de saúde em Goiás.

Publicado em SAÚDE
Sábado, 04 Mai 2019 10:34

O Dia D de vacinação contra a gripe ocorre neste sábado (4) e deve mobilizar cerca de 900 postos de saúde em Goiás, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO). Integrantes de todos os grupos prioritários (veja abaixo) podem ser imunizados nesta data, entre 8h e 17h.

A campanha é nacional e segue até o dia 31 de maio. O intuito é vacinar até 90% do total dos grupos prioritários. Em Goiás, esse número é de 1,6 milhão de pessoas. No entanto, a cobertura até o momento chegou a somente 30%.

Em Goiânia, onde a cobertura já é de 38%, 74 salas de vacinação estarão funcionando. A superintendente de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde disse que a procura é considerada baixa em virtude de bons resultados obtidos desde o ano passado - após casos até de morte pela doença. Mesmo assim, é essencial procurar os postos para se vacinar.

"Temos uma série de fatores [para a baixa procura], entre eles, uma situação mais tranquila em relação à doença neste ano. Por isso, as pessoas acham que não precisão se proteger. Só está tranquila porque no ano passado devido a mortes, houve uma grande procura pela vacina", pondera.

Em todo o estado, o Ministério da Saúde distribuiu 1,9 milhões de doses. A vacina visa prevenir a ocorrência das formas graves da doença ocasionada pelos vírus A/H1N1, A/H3N2 e B.

As vacinas oferecidas gratuitamente pelo governo são destinadas a:

- Crianças de 6 meses a 5 anos de idade;

- Gestantes; puérperas, isto é, mães que deram à luz há menos de 45 dias;

- Idosos;

- Profissionais de saúde, professores da rede pública ou privada, portadores de doenças crônicas, povos indígenas e pessoas privadas de liberdade.

- Portadores de doenças crônicas (HIV, por exemplo) que fazem acompanhamento pelo SUS também têm direito à vacinação gratuita.

Campanha nacional

O Ministério da Saúde anunciou que 41,8 mil pontos de vacinação estarão abertos neste sábado e 196,5 mil funcionários serão envolvidos.

Até sexta-feira, 14,5 milhões de pessoas haviam sido vacinadas no Brasil. Mesmo quem não conseguir se vacinar neste sábado pode comparecer aos postos até 31 de maio. A meta é imunizar pelo menos 90% do grupo prioritário, de cerca de 59,5 milhões de pessoas.

O ministério investiu R$ 968,9 milhões na aquisição de 64 milhões de doses de vacina neste ano.

Até o dia 30 de abril, 12,2 milhões de pessoas haviam sido imunizadas, o que representa 21% do total das pessoas que devem receber a vacina. A versão oferecida neste ano protege contra três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano no Hemisfério Sul.

ls 2
kanaan 2
shalom 2
anuncie aqui 3
anuncie aqui 4

OBS Comunicações